18/05/2020
ABASTECIMENTO

Casan investe em água subterrânea

A Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan) está investindo mais de R$ 100 mil em perfuração para captação de água subterrânea no município de Paulo Lopes (SC). A captação de água está reduzida em praticamente 70% devido ao impacto da estiagem na Cachoeira Morro Agudo, principal manancial do município. 

Um dos poços, localizado na região do Morro Agudo, chegou à profundidade de 84 metros em rocha, e apresentou uma excelente vazão. Com capacidade de fornecer 30 mil litros por hora, chega a indicar uma alternativa de captação superior à Cachoeira Morro Agudo que, em períodos de estiagem, fica bastante prejudicada. O segundo poço localizado no Bairro Bom Retiro registrou vazão de apenas 3 mil litros por hora. “Em função dessa estiagem prolongada, que está comprometendo os mananciais superficiais, estamos intensificando várias ações e projetos relacionados à perfuração e manutenção de poços em todo Estado, uma alternativa importante para garantir o abastecimento da população”, explica o geólogo Ramon Vitto, da Gerência de Políticas Operacionais (GPO). 

A Casan já possui poços de exploração mais rasa em terrenos arenosos (como o do Bairro Areias e na Sorocaba). Mas, devido ao crescimento da demanda e à redução de vazão destes sistemas, a decisão é investir em explorações em rocha, que exigiram estudos mais detalhados da geologia local. A expectativa é de que em junho a companhia tenha os laudos de análise físico-química e bacteriológica da água, para poder utilizar esse recurso.

Em parceria com a Prefeitura de Paulo Lopes, a Casan está instalando novas redes de distribuição na região central. Com o auxílio de equipamentos pesados do poder público municipal, as tubulações estão sendo instaladas nos dois lados das ruas Florianópolis e Santa Catarina, em paralelo às obras de drenagem e pavimentação. As redes nos dois lados facilitam a manutenção e geram menos transtornos quando é preciso realizar algum trabalho, como o conserto de tubulações rompidas. “Com esse trabalho conjunto conseguimos agilizar e trazer mais benefícios aos moradores”, conta o chefe da Agência de Paulo Lopes, Lucas Pereira. O Centro e o Bairro Santa Rita serão os primeiros beneficiados com a nova rede e, futuramente, também os moradores do Sorocaba.