04/02/2021
AMARILLO GOLD

Sai LI para o projeto Posse, em Goiás

A Amarillo Gold informa que as autoridades do estado de Goiás aprovaram hoje a Licença de Instalação (LI) para o projeto da mina de Posse, em Mara Rosa, o que permite que a empresa dê início à construção do empreendimento. 

“A Amarillo está a um passo de se tornar um produtor de ouro. Gostaríamos de agradecer ao órgão ambiental de Goiás, à comunidade de Mara Rosa e à nossa dedicada equipe no Brasil liderada pelo Country Manager Arão Portugal por seu trabalhado duro e pelo apoio nesta importante conquista”, disse Mike Mutchler, CEO da Amarillo Gold. 

A LI, aprovada pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do estado de Goiás, foi emitida 10 dias após o governador do estado anunciar o apoio ao projeto em um encontro público sobre investimentos em mineração em Goiás e uma semana depois que a Amarillo assinou um acordo para construir uma linha de energia dedicada de Porangatu a Mara Rosa.  

O projeto de ouro Posse prevê a instalação de uma mina a céu aberto e uma planta CIL (Carbon In Leach), com estocagem de rejeitos a seco. Um estudo de viabilidade concluído em junho de 2020 mostrou que Posse produzirá ouro a um custo AISC de US$ 656/onça, com base em um preço de ouro de US$ 1.730/onça e um câmbio de R$ 5,3/dólar. Posse tem vida útil inicial de 10 anos, uma produção inicial de 104 mil onças de ouro por ano e um valor presente de US$ 360 milhões, após impostos. 

Além de Posse, a Amarillo possui outro projeto em Lavras do Sul (RS), com 22 prospectos em áreas com histórico de produção de ouro. 

Veja também

04/03/2021
AURA MINERALS | Comemorando resultados positivos
25/02/2021
EQUINOX GOLD | Acionistas da Premier aprovam aquisição
23/02/2021
AMARILLO GOLD | Construção inicia após as chuvas
10/02/2021
EQUINOX GOLD | 2021 como ano de investimentos
04/02/2021
BRASIL MINERAL ENTREVISTA | Aura Minerals aprova projeto Almas